Seguidores

domingo, 15 de setembro de 2019

Diferenças Entre Espinhos E Acúleos As rosas, tem Espinhos E Acúleos?




Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho. Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
Machado de Assis


Diferenças Entre Espinhos E Acúleos
As rosas, tem Espinhos E Acúleos?

Vamos aprender um pouco.


Muitas pessoas chamam todas as estruturas pontiagudas em uma planta de espinhos. Entretanto, muitas vezes, a estrutura a que estamos nos referindo se trata de acúleos. Mas, afinal, qual é a diferença entre um espinho e um acúleo?
Primeiramente, temos que ter em mente que existem dois tipos diferentes de espinhos: os caulinares e os foliares. Em diversas plantas, encontramos folhas modificadas em espinhos, conhecidas como espinhos foliares. Eles caracterizam-se por serem secos, resistentes e não realizarem fotossíntese. Como exemplo desses espinhos, podemos citar aqueles encontrados em espécies de Cactaceae.

Os espinhos chamados de caulinares caracterizam-se por serem modificações de ramos que surgem na região da axila das folhas. Um exemplo desse tipo de espinho são aqueles encontrados no limoeiro.
Os acúleos diferem-se dos espinhos foliares e caulinares por não serem nem modificações de ramos nem modificações de folhas. Essas estruturas são projeções do córtex e epiderme, não possuindo, portanto, tecidos vasculares, diferentemente dos espinhos. O que chamamos de espinhos nas rosas são, na verdade, acúleos.
Os acúleos são projeções da epiderme que não apresentam feixes vasculares
Na prática, podemos diferenciar o acúleo de um espinho tentando destacá-lo de uma planta. Os acúleos tendem a sair facilmente, enquanto os espinhos são de difícil remoção.
Tanto espinhos quanto acúleos estão relacionados com a função de defesa de uma planta, evitando que ela sofra herbivoria. Além da função de proteção, os espinhos podem ajudar contra a perda excessiva de água, como é o caso das Cactaceae.
Uma interação interessante entre animais e espinhos ocorre nas acácias. Essas plantas possuem espinhos desenvolvidos que servem de abrigos para uma determinada espécie de formiga. Esses animais alimentam-se do néctar e atacam qualquer ser vivo que se aproxime da planta, protegendo-a contra herbivoria. Essa relação é benéfica tanto para a planta quanto para a formiga.

Sendo Espinhos  ou Acúleos, a melhor roseira, afinal de contas, não é aquela que tem menos espinhos ou Acúleos, mas a que produz as mais belas rosas.

Fonte :




9 comentários:

  1. Boa noite dominical, querida amiga Lourdes!
    Como uma rosa, você vem, delicamente, nos explicar algumas questões cruciais da vida humana. As alegrias e tristezas são pertinentes à vida humana bm como os espinhos e as rosas.
    Melhor saber que temos umas dores que nos permitem imensas alegrias... como a saudade (dor) sendo saciada (alegria, por exemplo.
    Tenha uma nova semana muito abençoada e feliz!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  2. Oi Lourdes, interessantes informações, tudo tem uma razão de ser nos seres, ao lidarmos com eles é que nos espetamos.
    Abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Ah, estás linda entre as rosas em cachos!

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga,boa noite!
    Passando para retribuir a visitinha e lhe desejar uma semana maravilhosa.
    Lindas rosas!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Le piante con le loro variegate caratteristiche non finiscono mai di stupirci. Vivi una radiosa settimana di settembre, carissima,silvia

    ResponderExcluir
  6. Uma boa lição de botânica. Confesso que eu desconhecia o que eram Acúleos.
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Aunque tengan espinas son preciosas. Besitos y gracias por tu visita.

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante, não sabia. Obrigada pela partilha tão cheia de conhecimentos preciosos.
    Abraços afetuosos!

    ResponderExcluir
  9. Interessantes dicas e informações!

    https://trapeziovermelho.blogspot.com

    ResponderExcluir

Uma das coisas maravilhosas da vida é termos amigos, reais e virtuais. AMIGOS!
Obrigada pela visita e por deixar comentário. Sua presença me alegra e enriquece minhas postagens.
Sigam meus blogs, será um prazer.
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
https://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/